Notícia

Agosto/2010
Feira Cultural & Mostra de Arte e Literatura 2010

A melhor forma de aprender é fazendo. Partindo deste princípio, alunos de 5ª a 8ª série do Concórdia realizaram diversos projetos científicos durante a XIII Feira Científica, evento realizado simultaneamente com a Mostra de Arte e Literatura.

De acordo com o professor de Física Rafael Frank de Rodrigues, um dos coordenadores da feira, o principal objetivo do evento é despertar a curiosidade do aluno para que ele aprenda e tome gosto de estudar por conta própria. “A aplicação da ciência no dia a dia dos estudantes é importante para despertar o interesse nesta área. Quem sabe não estamos “estimulando eles a seguirem o caminho da ciência no futuro?”, questiona.

Eventos como este ajudam os alunos a compreenderem melhor a matéria, pois fazem com que eles associem a teoria da aula com a prática. O grupo de alunos do 3º ano formados pelos estudantes Jéssica Fonseca, 19 anos, Luigi Assumpção e Carolina Ferrari, ambos de 16 anos, concordam. “É bom participar da feira, pois a gente aprende coisas que não sabia antes”, comenta Jéssica. “Ajuda nas provas. Muitas vezes os trabalhos envolvem as matérias que estamos aprendendo”, reforça Luigi.

Segundo a professora Nauri Maria Michelin Saciloto, que dá aulas de Matemática, Ciências e Química, a feira é o ponto máximo para se mostrar todos os projetos desenvolvidos na escola. E um dos projetos deste ano é incentivar a reciclagem de materiais. Para isso foram desenvolvidas oficinas de confecção de sabonete e detergente feitos a partir da reciclagem do óleo de cozinha. Outro material em foco nesta edição da feira são as garrafas PET. “As garrafas PET foram utilizadas na grande maioria dos trabalhos. É importante incentivar o tema da reciclagem de materiais, pois é uma obrigação da escola contribuir um pouco para a preservação do meio ambiente.”

Acompanhe mais sobre o evento na página oficial do mesmo (clique aqui).